domingo, 11 de junho de 2017

Pesquisa avalia estimulação transcraniana para combater enxaqueca (ed. 10/6/2017)

Descrição para cegos: foto da pesquisadora Renata Brito sentada, sorrindo para a câmera.

O trabalho está sendo realizado na pós-graduação em Neurociência Cognitiva e do Comportamento da UFPB pela fisioterapeuta Renata Brito. Ela tenta identificar a forma mais eficaz do uso de um aparelho de estimulação transcraniana com corrente contínua contra a enxaqueca. Esse aparelho já é usado em pacientes com lesões cerebrais e, na UFPB, pesquisa-se seu uso para o tratamento de Alzheimer. Mais informações com a repórter Renata Torres.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será publicado em breve.