domingo, 30 de abril de 2017

Peça teatral retrata a busca pela identidade religiosa (ed. 29/4/2017)

Descrição para cegos: foto da atriz Dhyan Urshita em um momento da peça. Captada bem de perto, mostra ela de olhos fechados com uma garrafa com o garegalo virado para baixo, próxima do rosto, tendo a mão direita sobre a base do recipiente. 

O texto é uma concepção da atriz Dhyan Urshita baseado em pesquisas e vivências em diferentes cultos religiosos. A obra, no formato de monólogo, narra a história da negrinha Josefa procurando sua identidade em diversos rituais religiosos. A Cruz da Negrinha é baseada em trechos do livro Banguê, de José Lins do Rego, na poesia do simbolista Emiliano Perneta e em rezas de heranças ancestrais. Com o monólogo Dhyan busca dissolver os preconceitos da intolerância religiosa. Mais detalhes com o repórter Marcelo Piancó.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será publicado em breve.